14/08/2008

há muitas pessoas no mundo, muitas pessoas com muitas visões diferentes do mundo. felizmente poucas delas partilham o que pensam com o resto das pessoas. caso o fizessem, o mundo estaria cheio de filósofos baratos para nos confundir a cabeça.
é muito complicado pensar pela nossa própria cabeça quando temos uma enxurrada de lemas de vida e moralidade a bater contra nós, vinda de todos os lados. por isso, passei a desligar a tv depois da hora do jantar e comecei a evitar as conversas em volta do sentido da vida.
a início os meus amigos encararam isto como pura burrice e ignorância, passaram a olhar para mim com a mesma cara de riso com que se olha para uma avestruz com a cabeça enfiada na terra. eu já me habituei a esses olhares, passei a ignora-los.
eu sei o que se passa à minha volta e sei o que vai acontecer:

uma nave de aliens azul violáceo vai emergir do oceano e drogar-nos a todos com noz moscada.