22/10/2008

Hoje fiz 18 anos, fomos à discoteca, eu e as minhas amigas e mais uns gajos. Elas disseram-me "Joana, hoje que fazes 18 tens de dar uma grande foda!" e, por isso, passaram o tempo todo a apontar para montes de rapazes a dizer "E olha, aquele ali, aposto que ele lambe conas!". Acabei por até curtir um e fui lá ter com ele, pensei em tudo o que elas me disseram, comemo-nos na pista de dança e depois fomos para a casa-de-banho. Demos uma fodinha, nada de especial... Contei às minhas amigas tudo com grande pormenor e eles ficaram muito orgulhosas de si próprias, como se tudo isto tivesse sido a maior prenda que me podiam ter dado. Não as quero desiludir porque eu gosto muito delas, mas a verdade é que, nas nossas festas de pijama, eu drogo-as com copinhos de leite morno e lambo-lhes a cona enquanto elas roncam, e que tudo isto do gajo na discoteca foi uma pequena forma de agradecimento.