21/12/2008

Dirigia-se para a mesa da biblioteca, em pontas de pés para que os tacões não ressoassem no soalho, não queria que reparassem nela. Era encurvada e pouco feminina, não era mulher, era pessoa. Pôs a mão sobre o rego e puxou a cueca (de que cor seria?). Sentou-se e já ninguém se lembrava dela.